Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

O que Bivar disse ao MDB e PSDB sobre a candidatura de Moro

Presidente do União Brasil encontrou dirigentes de outras siglas de centro na quarta-feira (6/4) para discutir candidatura única ao Planalto

atualizado 07/04/2022 14:02

Presidentes do MDB, PSDB, União Brasil e Cidadania em 6 de abril, em Br Luiz Cervi/Divulgação

Na reunião com dirigentes do MDB, PSDB e Cidadania nessa quarta-feira (6/4), o presidente do União Brasil, Luciano Bivar, deixou claro que o ex-juiz Sergio Moro não será candidato ao Palácio do Planalto pelo partido.

Segundo relatos, Bivar contou aos dirigentes das duas siglas que o ex-ministro da Justiça se filiou ao União Brasil sabendo claramente que a legenda não bancaria sua candidatura à Presidência da República.

O presidente do União Brasil reforçou aos colegas do MDB e PSDB que Moro será candidato a algum cargo em São Paulo, para onde o ex-juiz da Lava Jato transferiu seu domicílio eleitoral.

Bivar avisou que o candidato do União será ele próprio. Ele disse que faltava apenas concluir umas consultas internas no partido antes de anunciar publicamente a pré-candidatura, o que está previsto para próxima semana.

Mais lidas
Últimas notícias