metropoles.com

Futuro partido de Bolsonaro ainda não declarou um real ao TSE em 2021

PL de Valdemar Costa Neto ainda não lançou prestação de contas no sistema da Justiça Eleitoral

atualizado

Compartilhar notícia

José Cruz/Agência Brasil
Presidente do PL, Valdemar da Costa Neto
1 de 1 Presidente do PL, Valdemar da Costa Neto - Foto: José Cruz/Agência Brasil

Possível futuro partido do presidente Jair Bolsonaro, o PL é uma das poucas legendas que ainda não prestaram conta à Justiça Eleitoral em 2021.

Segundo o portal da transparência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a sigla comandada por Valdemar Costa Neto ainda não declarou gastos deste ano, nem com verbas próprias, nem com o fundo partidário.

Todas as outras grandes legendas já têm dados lançados no sistema do TSE de forma escalonada. Junto ao PL, apenas os nanicos PCB e Patriota não iniciaram a prestação de contas.

Os partidos têm até o fim de junho de 2022 para declarar os gastos. Até o momento, as maiores declarações são do PT, com R$ 70.863.482,64 de gastos este ano, e do PSL, com R$ 61.127.751,19 .

Já o Progressistas, partido da base aliada do presidente comandado pelo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, declarou ter gasto até o momento apenas R$ 619 mil.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comIgor Gadelha

Você quer ficar por dentro da coluna Igor Gadelha e receber notificações em tempo real?

Notificações