Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Cúpula do PSB faz exigência para liberar chapa Lula-Alckmin

Filiação ao PSB do ex-governador paulista, de saída do PSDB, depende de os petistas aceitarem condições dos socialistas

atualizado 01/12/2021 16:28

A direção do PSB avisou a Geraldo Alckmin e ao PT que a eventual filiação do ex-governador paulista ao partido socialista para ser candidato a vice-presidente de Lula em 2022 dependerá de os petistas atenderem exigência dos pessebistas nos estados.

“Essa decisão (filiação de Alckmin para ser vice de Lula) não será adotada isoladamente. Ela só poderá ocorrer no bojo da negociação com o PT e do atendimento das demandas do PSB”, afirmou à coluna o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira.

Segundo o dirigente, entre essas “demandas” estão o pedido para que o PT abra mão das candidaturas de Fernando Haddad e de Humberto Costa aos governos de São Paulo e Pernambuco, respectivamente, para apoiar candidatos do PSB nessas disputas.

Lula sobre Alckmin: “Não há nada que não possa ser reconciliado”

Mais lidas
Últimas notícias