Convocado, diretor da Prevent Sênior não comparecerá à CPI nesta quinta

De acordo com a defesa, o depoente recebeu a intimação na tarde dessa quarta e não teria tempo hábil para viajar a Brasília

atualizado 16/09/2021 10:43

Convocado a depor nesta quinta-feira (16/9) na CPI da Covid-19 do Senado, o diretor-executivo da Prevent Sênior, o médico Pedro Benedito Batista Junior, não comparecerá ao colegiado hoje.

A defesa disse à coluna que a comissão enviou e-mail com a intimação para a oitiva na tarde dessa quarta-feira (15/9) e, portanto, não haveria tempo hábil para o médico se deslocar de São Paulo a Brasília para depor às 9h30 desta quinta.

Os advogados citam o Artigo 218 do Código de Processo Civil, que prevê que o prazo mínimo para atender a uma convocação dessa natureza é de 48 horas. Eles dizem, porém, que o diretor continuará à disposição da CPI para esclarecimentos.

Como a coluna noticiou nessa quarta, a comissão decidiu antecipar a oitiva de Pedro Júnior para esta quinta após o depoente previsto para hoje, Danilo Trento, diretor da Precisa, não ter sido encontrado para ser notificado do depoimento.

Até então, o depoimento do diretor estava previsto para sexta-feira (17/9). Nesta quinta, o médico conseguiu um habeas corpus do Supremo Tribunal Federal (STF) para ter o direito ao silêncio em algumas perguntas na CPI.

Últimas notícias