Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi e Victoria Abel

Como foi o almoço de Lula com empresários e banqueiros na Fiesp

Ex-presidente almoçou com um grupo de executivos na sede na Fiesp, em São Paulo, nesta terça-feira (5/7)

atualizado 05/07/2022 17:26

Rafaela Felicciano/Metrópoles

O ex-presidente Lula e o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB) almoçaram nesta terça-feira (5/7), na sede da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), na capital paulista, com um grupo de grandes empresários e banqueiros brasileiros.

O encontro reuniu nomes como Josué Alencar, presidente da Fiesp; Luiz Carlos Trabuco (Bradesco), Beto Sucupira (Ambev), Luiza Trajano (Magazine Luiza), Dan Iochpe (Iochpe-Maxion), Jacyr Costa (Agroadvice), Fábio Coelho (Google), João Moreira Salles (Itaú) e Roberto Azevedo (Pespi).

Além de Alckmin, Lula estava acompanhado do ex-prefeito Fernando Haddad, candidato do PT ao governo de São Paulo nas eleições deste ano, e do ex-ministro Aloizio Mercadante, presidente da Fundação Perseu Abramo, braço teórico do PT.

Segundo relatos dos presentes, Lula e os empresários discutiram sobre temas como economia, educação, meio ambiente, comércio exterior e agronegócio. “Foi um encontro de alto nível. Lula abriu de vez um canal com o setor produtivo”, resumiu um fonte que teve acesso ao encontro.

Fontes da Fiesp ressaltaram que o almoço foi uma agenda “reservada” promovida pelo presidente da Fiesp, que é filho do ex-vice-presidente de Lula, José Alencar. A entidade realizará a partir do final de julho uma série de encontros oficiais com os pré-candidatos ao Palácio do Planalto.

O primeiro será com Ciro Gomes (PDT), em 21 de julho. Na sequência, a entidade receberá a senadora Simone Tebet (MDB-MS), em 1º de agosto. A reunião oficial com Lula, por sua vez, está marcada para 9 de agosto. A Fiesp ainda aguarda confirmação da data para receber o presidente Jair Bolsonaro.

Mais lidas
Últimas notícias