Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Apoio de Weverton Rocha a Lula causa incômodo no PDT

Publicação de senador nas redes sociais manifestando apoio a Lula incomodou parlamentares da sigla que defendem o nome de Ciro Gomes

atualizado 19/01/2022 13:32

Roque de Sá/Agência Senado

A postura do senador Weverton Rocha (PDT-MA), de declarar apoio a Lula (PT) mesmo com sua sigla tendo Ciro Gomes como pré-candidato à Presidência da República, causou incômodo nas fileiras pedetistas.

Parlamentares que buscam a reeleição neste ano, argumentam que, em termos eleitorais, também seria mais “confortável” estar ao lado do ex-presidente petista, líder em todas as pesquisas de intenção de voto. Mas que, pela união do partido, se mantêm ao lado de Ciro.

No último sábado (15/1), Weverton publicou em suas redes sociais uma mensagem de apoio a Lula. “Estou com Lula  e sempre estive. Pois compactuamos do mesmo sonho de um Brasil e Maranhão mais justo, digno e próspero”, escreveu.

 

O apoio do senador ao petista seria “simbólico”, afirmaram parlamentares à coluna. Weverton é uma das principais lideranças formadas dentro do PDT. Foi presidente da juventude do partido, é membro da executiva nacional da sigla e comanda o PDT do Maranhão.

O PDT planeja lançar oficialmente Ciro Gomes como pré-candidato da sigla à Presidência da República na próxima sexta-feira (21/1). Nesta quarta-feira (19/1), Ciro divulgou o slogan que deve levar para a campanha: “A Rebeldia da Esperança”.

Mais lidas
Últimas notícias