Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Pesquisa aponta Ciro Gomes como 2ª opção favorita dos eleitores

Pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes é apontado por entrevistados como a segunda opção favorita para as eleições

atualizado 12/01/2022 18:29

Roosewelt Pinheiro/Agência Brasil

Pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes é o nome favorito dos eleitores como “segunda opção” de voto, de acordo com a pesquisa realizada pela Quaest e pela Genial Investimentos, a primeira realizada em 2022. No levantamento, o pedetista aparece como segunda opção de voto de 18% dos entrevistados.

A pesquisa mostra que a maioria dos eleitores do ex-presidente Lula (PT) migrariam para Ciro no cenário apresentado. Segundo o levantamento, dentre entrevistados que prometem votar no petista, 28% têm o presidenciável do PDT como alternativa.

0

No ranking de “segunda opção” de voto, o segundo colocado é Sergio Moro (Podemos). No geral, o ex-juiz é apontado como plano B de 14% dos entrevistados. Esse percentual vai para 24% entre os entrevistados que têm o presidente Jair Bolsonaro (PL) como primeira opção.

Lula, por sua vez, aparece na terceira colocação dentre as “segundas opções”. O petista é apontado como escolha secundária de 8% dos entrevistados. Na pesquisa estimulada, o ex-presidente aparece com 45% das intenções de voto, o que, em tese, poderia lhe dar vitória ainda no primeiro turno.

João Doria (PSDB) e Bolsonaro são indicados como segunda opção de 6% dos eleitores, segundo o levantamento da Quest e da Genial Investimentos. Simone Tebet (MDB) é a segunda opção preferida de 4% dos entrevistados. Rodrigo Pacheco (PSD) de 2% e Felipe D’Ávila (Novo) de 1%.

A pesquisa mostra ainda que a maior parcela dos entrevistados (33%) respondeu que votará em branco/nulo ou não votará, caso sua primeira opção não seja candidato. O levantamento entrevistou 2 mil pessoas em 123 municípios localizados em todas as unidades da Federação. O nível de confiança na consulta é de 95%.

Mais lidas
Últimas notícias