Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Ala política condiciona reeleição de Bolsonaro à saída de Paulo Guedes

Avaliação é feita nos bastidores por outros ministros do governo que são parlamentares ou que têm origem na política

atualizado 18/10/2021 7:09

presidente jair bolsonaro está internado em são pauloIgo Estrela/Metrópoles

Ministros da ala política do governo passaram a condicionar a reeleição do presidente Jair Bolsonaro em 2022 à saída de Paulo Guedes do Ministério da Economia.

Nas palavras de um influente ministro do núcleo político ouvido pela coluna, Bolsonaro precisa “cortar o cordão umbilical” que tem com o atual chefe da equipe econômica.

A avaliação é a de que, diante dos impactos da pandemia na economia, é necessário flexibilizar o teto de gastos para aumentar investimentos e implantar medidas de forte apelo social, o que Guedes é contra.

Nos bastidores, ministros do governo já fazem até “campanha” para que o atual presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, seja o escolhido por Bolsonaro para o lugar de Guedes.

 

Mais lidas
Últimas notícias