Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Advogado próximo a Lula promete “ir para cima” de Moro em debate

Coordenador do Prerrogativas, advogado Marco Aurélio de Carvalho critica ideia de Sergio Moro de discutir uma reforma do Judiciário

atualizado 14/01/2022 11:07

sp sergio moroFábio Vieira/Metrópoles

Advogados próximos ao ex-presidente Lula reagiram à iniciativa do ex-juiz Sergio Moro (Podemos) de criar um grupo em sua campanha eleitoral para discutir uma proposta de reforma no Judiciário brasileiro.

Um dos que criticou a ideia do presidenciável do Podemos foi Marco Aurélio de Carvalho. Ele é coordenador do grupo Prorrogativas e foi o organizador do jantar em homenagem a Lula em dezembro, em São Paulo.

À coluna, o advogado se disse “perplexo” com a proposta de Moro e prometeu “ir para cima” do ex-juiz no debate. Para Carvalho, “a única coisa que ele (Moro) precisa em relação à Justiça é prestar contas”.

 

0

“Nos estamos absolutamente perplexos coma ousadia dos Sergio Moro de construir um grupo para debater essa matéria. Justamente ele, que corrompeu o sistema de Justiça com pretexto de combater a corrupção. Justo ele, que abalou de forma decisiva pilares que são fundantes do Estado de Direito, como o pilar do juiz natural, da imparcialidade. Justo ele, que atuou de forma política e notadamente eleitoral para servir determinado presidente, que depois o convidou para compor o governo na condição de ministro da Justiça. Justo ele, que foi determinante para que esse presidente ganhasse as eleições”, disse à coluna.

A declaração foi enviada em reação à informação revelada pela coluna de que Moro se reuniu nesta semana com  Joaquim Falcão, jurista escolhido pelo ex-juiz para coordenar o grupo que discutirá a reforma do Judiciário.

Marco Aurélio Carvalho diz ainda que, diante da ideia de Moro de unir tal grupo, o Prerrogativas terá função de polarizar com o ex-juiz da Lava Jato e seus aliados.

“Aqueles que quiserem fazer isso com um viés progressista, vão nos ouvir em outra condição. E aqueles que quiserem propostas alternativas, mais autoritárias, vão acabar polarizando conosco, por que nós vamos para cima nesse debate”, completou.

Em suas redes sociais, Moro rebateu as críticas que tem recebido de Carvalho. “Pelo jeito, estamos mesmo fazendo a coisa certa já que os advogados de corruptos são contra”, escreveu o ex-juiz no Twitter nesta sexta-feira (14/1).

Mais lidas
Últimas notícias