Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

A irritação da campanha de Bolsonaro e do Planalto com Carla Zambelli

Aliados do presidente dizem que movimento da deputada de levar um hacker da “Vaza Jato” ao encontro de Bolsonaro “ofuscou” semana positiva

atualizado 11/08/2022 14:46

Cleia Viana/Câmara dos Deputados - 17/09/2021

O movimento da deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) de levar o hacker Walter Delgatti, responsável pela chamada Vaza Jato, ao encontro de Jair Bolsonaro e de Valdemar Costa Netto irritou integrantes do Palácio do Planalto e da campanha à reeleição do presidente.

A avaliação é de que a atitude da parlamentar paulista ofuscou o “bom momento” do presidente ao longo desta semana, quando a campanha comemorava a repercussão da entrevista de Bolsonaro ao podcast Flow e a melhora dele nas pesquisas de intenção de voto.

“Novamente, quando estamos num ótimo momento, perdemos o foco e a janela de oportunidade”, afirmou à coluna, sob reserva, um influente membro da campanha. “Inacreditável o que a Zambelli fez, depois de uma semana excelente”, emendou um auxiliar presidencial do Planalto.

O próprio presidente da República reclamou diretamente com Zambelli após o caso ser divulgado pela imprensa nessa quarta-feira (10/8). Segundo interlocutores da deputada e de Bolsonaro, o chefe do Planalto teria sido “muito duro” com a aliada por tê-lo envolvido na história.

Mais lidas
Últimas notícias