metropoles.com

A bolsa de apostas para o futuro ministeriado de Lula

Passada a vitória de Lula, aliados do petista começam a fazer apostas sobre quem serão os ministros do futuro governo

atualizado

Compartilhar notícia

Fábio Vieira/Metrópoles
Luiz Inácio Lula da Silva ao lado de Janja e com a bandeira do Brasil durante pronunciamento de vitória - Metrópoles
1 de 1 Luiz Inácio Lula da Silva ao lado de Janja e com a bandeira do Brasil durante pronunciamento de vitória - Metrópoles - Foto: Fábio Vieira/Metrópoles

A vitória de Lula nesse domingo (30/10) disparou entre aliados do petista, nos bastidores, a bolsa de apostas sobre quem serão os futuros ministros dele a partir de janeiro de 2023.

Para o Ministério da Fazenda, aliados citam quatro cotados: Fernando Haddad, o deputado Alexandre Padilha (PT-SP), o ex-ministro Henrique Meirelles e Geraldo Alckmin (PSB), eleito vice-presidente.

Alckmin, por sinal, deve indicar o futuro ministro da Saúde. O nome favorito dele para o cargo é o do infectologista David Uip, que foi secretário estadual da Saúde quando Alckmin era governador.

Casa Civil e Simone Tebet

Para a Casa Civil de Lula, dois nomes despontam como favoritos nos bastidores: o de Wellington Dias (PT), eleito senador pelo Piauí este ano, e o deputado estadual paulista Emídio de Souza (PT).

No caso de Simone Tebet (MDB), a aposta é de que a senadora poderá assumir o Ministério da Agricultura ou alguma pasta ligada à área social. “Ela só não será ministra se não quiser”, diz um petista graúdo.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comIgor Gadelha

Você quer ficar por dentro da coluna Igor Gadelha e receber notificações em tempo real?