Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Naomi Matsui

VTCLog diz à CPI que não mentiu sobre offshores

Empresa enviou documento ao relator da CPI da Pandemia, o senador Renan Calheiros, após revelação de offshore de sócios da empresa

atualizado 06/10/2021 17:49

Pedro França/Agência Senado

A VTCLog enviou um documento ao relator da CPI da Pandemia, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), explicando que os executivos da empresa que depuseram na comissão não mentiram ao dizer que a companhia não possui offshores.

O documento aponta que a pergunta feita pelo senador Rogério Carvalho (PT-SE) era sobre offshores sob controle da VTCLog. A resposta foi negativa.

A Cacatua HOldings, cuja existência foi revelada pelo Metrópoles no quadro do Pandora Papers, investigação internacional coordenada pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ), pertence a dois sócios da empresa, Carlos Alberto de Sá e Teresa Cristina Reis de Sá.

“Os sócios tem sim bens e recursos no exterior, o que inclui a titularidade de empresa offshore, exatamente a Cacatua Holding Limited. Não houve falta de verdade da companhia ao responder, em nome dos referidos sócios, que sim, dois dos sócios da empresa possuem recursos pessoais e declarados neste formato empresarial”, diz o documento.

“Não há qualquer sinal de mentira ou inverdade quanto aos depoimentos prestados e, por isso, roga-se que não haja qualquer ato investigativo”, prossegue.

Não foram os donos da offshore que depuseram na CPI. Quem participou pela VTC foram o sócio Raimundo Nonato Brasil e a diretora executiva Andreia Lima.

Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna