Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Lucas Marchesini

Veja como será a festa de filiação de Jair Bolsonaro ao PL nesta terça

Jair Bolsonaro disse a auxiliares que quer evento de filiação sem pompa

atualizado 29/11/2021 19:56

Jair BolsonaroHugo Barreto/Metrópoles

Jair Bolsonaro disse a auxiliares que deseja uma festa de filiação ao PL sem pompa nesta terça-feira (30/11). Esses interlocutores pediram ao partido que o evento tenha poucos discursos e uma estrutura modesta.

Por enquanto, três discursos são esperados: Jair Bolsonaro; Valdemar Costa Neto, presidente da sigla; e o senador Jorginho Mello, representando os parlamentares da legenda. A ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, é do PL, mas não discursará.

Auxiliares disseram que Bolsonaro sugeriu um evento sem grandes produções, justificando que isso combinaria mais com o “seu perfil”. Se o pedido for atendido, a festa será bem diferente das que filiaram Sergio Moro ao Podemos e Rodrigo Pacheco ao PSD, que contaram com grandes auditórios, telões, câmeras e equipamentos de iluminação.

As razões da escolha de Bolsonaro ainda são um mistério. Quando lançou o Aliança pelo Brasil há dois anos, o presidente participou de uma senhora festa em um hotel requintado de Brasília. E será difícil convencer o PL a abrir mão de mostrar sua força ao filiar o presidente e aliados, enquanto Lula e Sergio Moro mantêm uma agenda de pré-campanha.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna