Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Sergio e Rosangela Moro encontrarão entidades de educação cristã

Sergio Moro busca apoio do eleitorado evangélico, que alavancou votos em Jair Bolsonaro em 2018

atualizado 23/02/2022 22:22

Sergio Moro e Rosangela MoroDivulgação

Sergio Moro encontrará representantes de entidades educacionais cristãs no próximo mês em Brasília. A advogada Rosangela Moro, mulher do ex-juiz, também participará da reunião. Trata-se de mais um esforço da campanha para buscar o apoio do eleitorado evangélico, que foi decisivo para eleger Jair Bolsonaro.

Moro conversará com representantes de entidades filantrópicas e que atuam em educação, saúde e assistência social. São associações majoritariamente ligadas ao mundo cristão e presididas por religiosos. O encontro deve contar com a Associação Brasileira de Instituições Educacionais Evangélicas (Abiee), a Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (Anec) e o Fórum Naiconal das Instituições Filantrópicas (Fonif).

Na conversa, Moro deve reforçar a carta que divulgou aos evangélicos no início do mês, em que criticou a ampliação do aborto e defendeu a imunidade tributária das igrejas. Logo no primeiro parágrafo, o documento elogiou instituições de ensino cristãs: disse que são “imprescindíveis ao melhor desenvolvimento da vida em sociedade”.

0

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna