Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Natália Portinari

Renan Calheiros: “Adverti o presidente de que Centrão se apodera de governos”

Renan Calheiros participou de um jantar com Lula na terça-feira (15/11) em Sharm El Sheikh, no Egito

atualizado 16/11/2022 21:23

Renan Calheiros Igo Estrela/Metrópoles

Renan Calheiros participou de um jantar com Lula na terça-feira (15/11) em Sharm El Sheikh, no Egito, e advertiu o presidente sobre o risco que considera haver no apoio à reeleição de Arthur Lira como presidente da Câmara.

“Adverti o presidente de que o Centrão se apodera de governos. O script é o mesmo. Depois que chega o primeiro pedido de impeachment, o presidente fica refém do Centrão. Foi assim com Michel (Temer) e com Bolsonaro”, afirmou.

Renan Calheiros e Arthur Lira são adversários figadais em Alagoas. Os dois grupos políticos se enfrentaram na eleição estadual, e o de Renan saiu vencedor, com a vitória de Paulo Dantas. O senador vem defendendo que Lula teria uma maioria legislativa nas duas Casas sem precisar do Centrão, apenas com MDB, PSD e União Brasil.

No PT, é grande o temor que se repita com Lula e Lira o que ocorreu com Dilma Rousseff e Eduardo Cunha, em 2015, quando a petista abraçou outra candidatura a presidente da Câmara, que foi derrotada. Cunha, eleito, passou a atuar como um sabotador do governo federal.

Por isso, há um clima favorável na bancada do PT para se apoiar Lira. Esta, hoje, reconhece Renan, é a opção mais forte.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna