Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

PT nacional considera romper com PDT no Ceará se Ciro esticar a corda

O PT nacional avalia a possibilidade de usar o impasse cearense como uma forma de pressionar o PDT a rifar candidatura de Ciro Gomes

atualizado 11/05/2022 23:57

Ciro Gomes, político que disputará a Presidência da República. Ele tem pele clara, tem cabelos brancos e olhos escuros - MetrópolesVinícius Santa Rosa/ Metrópoles

O PT nacional considera romper a aliança histórica com o PDT no Ceará se Ciro Gomes “esticar a corda” no estado. Recentemente, Ciro disse que também existiria um lado corrupto no PT local, o que esquentou ainda mais o clima entre petistas e pedetistas no estado.

Há um impasse sobre quem vai ser o candidato do PDT a encabeçar a chapa. O PT e parte do PDT quer a atual governadora, Izolda Cela, que era vice do petista Camilo Santana, que renunciou para concorrer ao Senado. Já os irmãos Ciro e Cid Gomes querem que o candidato seja o ex-prefeito Roberto Cláudio, nome rejeitado pelo PT.

O PT nacional também avalia a possibilidade de usar o impasse cearense como uma forma de pressionar o PDT a rifar Ciro Gomes. Lula ainda não jogou a toalha e segue insistindo com Carlos Lupi por uma aliança.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna