Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

PT articula candidatura ao governo do ES contra PSB, diz Contarato

Nesse cenário, senador petista disputaria eleição com governador Renato Casagrande, do PSB

atualizado 17/01/2022 22:12

Lula e o senador Fabiano ContaratoDivulgação/Ricardo Stuckert

O senador Fabiano Contarato afirmou nesta segunda-feira (17/1) que o PT articula para lançá-lo candidato ao governo do Espírito Santo. Nesse cenário, Contarato competiria com o governador Renato Casagrande, do PSB, que tenta a reeleição. Seria mais um impasse entre o PT e o PSB, siglas que negociam uma aliança nacional para a eleição de Lula ao Planalto.

“O movimento já é no sentido de uma pré-candidatura ao governo do estado. Se tiver de ter uma candidatura, ela vai existir, e o partido já sinalizou que eu seria o pré-candidato à eleição”, afirmou Contarato, emendando que prioriza a costura nacional: “A prioridade é o arranjo nacional, a eleição do presidente Lula“. Contarato se filiará ao PT oficialmente no próximo dia 28, ao lado do ex-presidente.

No campo nacional, PT e PSB divergem sobre uma possível federação que uniria as duas siglas. Em troca do apoio a Lula, o PSB pede apoio do PT nos estados para manter sua influência. O PSB está rachado: os quadros do partido com cargos no Legislativo são a favor da aliança, ao passo que os que ocupam cargos executivos são contra. Um deles é Renato Casagrande.

Questionado sobre uma eventual disputa com o governador capixaba, Contarato afirmou que a competição será “aceitável”. E disse esperar uma postura semelhante de Casagrande.

“É perfeitamente aceitável, democrático e positivo para a população. O Espírito Santo merece uma candidatura progressista. Penso que o governador também entende na mesma linha, de que é possível que isso ocorra”.

0

 

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna