Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Lucas Marchesini

Programa de ocupação de favelas do Rio ainda está em discussão

Governador Cláudio Castro havia dito que o projeto começaria neste semestre

atualizado 23/10/2021 10:25

Governador Cláudio Castro e os 28 prefeitos dos municípios que estão na concessão dos serviços de saneamento.Aline Massuca/ Metrópoles

Anunciado em maio deste ano pelo governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, o programa que irá ocupar seis comunidades do Rio de Janeiro ainda está em discussão e segue sem nenhuma definição. Castro havia dito que o projeto começaria neste semestre.

A Secretaria de Polícia Civil do Estado informou, via Lei de Acesso à Informação, que as comunidades a serem ocupadas ainda não foram escolhidas, assim como a forma de ocupação, a atuação e os objetivos do programa.

Em entrevista à TV Record em 21 de maio, Castro disse que o projeto de ocupação “não é um relançamento das UPPs”, mas sim um novo projeto, que, segundo ele, não terá a presença só das forças de segurança pública. O governador não explicou nada mais além disso.

A coluna procurou, por duas vezes, a Secretaria de Governo do Estado, que também não tem informações sobre o programa.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna