metropoles.com

Prefeitos e ruralistas tentam isolar secretário da reforma tributária

Insatisfeitos com os rumos da reforma tributária, os representantes dos prefeitos e do agronegócio tentam tirar poderes de Bernard Appy

atualizado

Compartilhar notícia

Marcos Oliveira/ Agência Senado
Bernard Appy no Senado / Metrópoles
1 de 1 Bernard Appy no Senado / Metrópoles - Foto: Marcos Oliveira/ Agência Senado

Setores insatisfeitos com os termos da reforma tributária querem esvaziar a influência de Bernard Appy sobre a condução da proposta. O Secretário Extraordinário da Reforma Tributária do Ministério da Fazenda é um dos autores da PEC 45/2019, um dos textos usados como base pelo governo.

Os prefeitos constituem o grupo mais interessado no afastamento de Appy. O presidente da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), Edvaldo Nogueira, avisou ao Ministério da Fazenda que o grupo só discutirá a reforma tributária com o ministro Fernando Haddad. A Frente representa as cidades com população superior a 80.000 pessoas e se opõe ao fim do Imposto Sobre Serviços (ISS).

O prefeito Eduardo Paes, vice-presidente da FNP, publicou no Twitter que Appy se portava como um “técnico autoritário” ao defender o fim do ISS. Paes consultou as demais lideranças da FNP antes de postar as mensagens e recebeu apoio irrestrito dos colegas.

Appy ligou para Paes após o entrevero público e tentou distensionar a relação, dizendo que marcaria um encontro com a FNP para debater a reforma. Paes foi cordial com o secretário, mas a FNP sustenta que só ouvirá propostas vindas de Haddad.

Outro setor que demonstra insatisfação é o agronegócio. Appy participou na terça-feira (14/3) de um almoço oferecido pela Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) e, apesar de ter conduzido a conversa sem percalços, não conseguiu sanar as dúvidas dos ruralistas.

Deputados e senadores afirmaram que Appy não deixou claro qual será a dinâmica dos fundos de compensação estadual e municipal e quem ficaria responsável por administrá-los. Após o almoço, os integrantes da FPA disseram que farão cálculos próprios para estudar a viabilidade da proposta discutida pelo secretário.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comGuilherme Amado

Você quer ficar por dentro da coluna Guilherme Amado e receber notificações em tempo real?