Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Planalto usou avião da FAB para transportar pintura de Bolsonaro

Quadro de bolsonarista apareceu em live do presidente e com Carlos Bolsonaro no Planalto; Presidência não detalhou trajeto do voo da FAB

atualizado 02/04/2022 19:24

Quadro em homenagem a Jair Bolsonaro transportado de FAB para o PlanaltoReprodução

O Palácio do Planalto usou avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para transportar pintura em homenagem a Jair Bolsonaro. O voo para levar o quadro da bolsonarista Lucimary Billhardt, que faz representações curiosas de integrantes do governo, aconteceu em fevereiro. O objeto foi colocado ao fundo de uma live do presidente no Planalto no último dia 17. A história foi revelada pelo perfil Bolsoregrets, do Twitter.

A coluna confirmou o caso obteve mais dados por meio da Lei de Acesso à Informação. A Presidência, que não detalhou o trajeto do voo da FAB, afirmou na resposta à solicitação da coluna que não houve custos para transportar a pintura. Questionado sobre quem seria o homem que usava uma máscara da FAB ao buscar a pintura na casa de Lucy, o Planalto disse apenas que o servidor não é da Presidência. O Planalto não respondeu de quem partiu o pedido para transportar a ilustração.

live Jair Bolsonaro com quadro de presente ao fundo

A pintura traz Bolsonaro duas vezes ao lado de uma águia gigante e sorridente. No primeiro plano, o presidente segura uma caneta Bic, enquanto é admirado por si mesmo em um quadro que emula o Salão Nobre do Palácio do Planalto. Na assinatura, uma indicação clara do desejo da criadora: “Jair M Bolsonaro 2020 – 2026”. Provavelmente, Lucy queria dizer 2019 – 2026, num cenário em que o presidente será reeleito.

Segundo a artista, o quadro representa “Bolsonaro pegando o Brasil destruído no fundo, olhando para o futuro, com olhos, persistência e fé da águia. Vê a si próprio no já eleito! Jesus está aí contigo!”. Além de compor a live presidencial no último dia 17, o quadro apareceu nas mãos de Carlos Bolsonaro no Planalto dois dias depois.

Carlos Bolsonaro com quadro em homenagem a Jair Bolsonaro transportado de FAB para o Planalto

Lucy já retratou diversos integrantes do governo. Bolsonaro foi o personagem mais frequente, mas a artista também já pintou Tereza Cristina, ex-ministra da Agricultura, Rogério Marinho, ex-ministro do Desenvolvimento Regional, e Tarcísio de Freitas, ex-ministro da Infraestrutura. Há ainda desenhos do ex-presidente americano Donald Trump.

No início do mês, Lucy ficou irritada depois que a deputada Carla Zambelli elogiou uma “caricatura” em que aparecia com Bolsonaro à frente do STF, com uma estátua da Justiça estranhamente parecida com o procurador-geral da República, Augusto Aras. “Não entendo, sinceramente, a tua atitude, Carla. Minha pintura não é caricatura, representa a luta de vocês contra a falsa justiça no Brasil, e com Bolsonaro e Jesus temos a verdadeira!”.

Pintura Jair Bolsonaro e Carla Zambelli

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna