Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Naomi Matsui

O abalo de Heleno com Ciro Nogueira na Casa Civil

Heleno está constrangido porque foi ele que fez um dos principais ataques ao centrão na época da campanha

atualizado 30/07/2021 8:39

Chefe do GSI, general Augusto Heleno em entrevista à Voz do BrasilMarcello Casal Jr./Agência Brasil

O ministro Augusto Heleno está abalado desde a semana passada, quando soube do convite que Jair Bolsonaro fizera ao senador Ciro Nogueira para ser o novo chefe da Casa Civil.

Heleno está especialmente constrangido por ter sido na voz dele um dos principais ataques ao centrão, na época da campanha, quando Bolsonaro afirmava ser contra a “velha política”, a mesma que ele agora orgulhosamente admitiu fazer parte.

Na semana que vem, haverá boa oportunidade para Heleno mostrar quão resiliente é. Na cerimônia de posse, terá de apertar a mão e figurar ao lado do chefe do centrão — aquela ala que ele comparou a ladrões.

Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna