Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Naomi Matsui

Novo presidente do PP descarta fusão com PSL e DEM

André Fufuca substituiu Ciro Nogueira, que assumiu Casa Civil

atualizado 28/07/2021 23:15

DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO

O novo presidente do PP, deputado André Fufuca, disse nesta quarta-feira (28/7) que não acredita que a sigla fará uma fusão com o PSL e o DEM, também do Centrão. Fufuca assumiu o comando da legenda porque o senador Ciro Nogueira foi nomeado ministro da Casa Civil.

“São três partidos que estão crescendo e com expectativa de aumentar a bancada. Como vão se juntar? Até porque em caso de fusão precisa ter um comando, né?”, afirmou Fufuca. A possibilidade do aglutinamento das três legendas para a criação do maior partido do Congresso tem sido aventada entre parlamentares.

Questionado sobre alianças do partido para 2022, o deputado não garantiu um alinhamento automático a Jair Bolsonaro, que havia dado posse a Nogueira no Planalto pouco antes.

“O PP sempre respeitou muito a democracia estadual. Cada estado tem uma história”, declarou. Em 2018, o próprio Ciro Nogueira fez campanha para Lula e chamou Bolsonaro de “fascista”.

Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna