Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Natália Portinari

Lula não alimentará debate de Bolsonaro sobre segurança das urnas

Petista avalia que tentativa de polemizar sobre o tema só interessa ao presidente, que seguirá atacando o processo eleitoral

atualizado 12/06/2022 23:03

lula e bolsonaro Rafaela Felicciano/Metrópoles e Fábio Vieira/Metrópoles

Lula tem dito a aliados que sabe do risco de Jair Bolsonaro não reconhecer o resultado das urnas, caso saia derrotado, mantendo os ataques à confiabilidade das eleições, mas o ex-presidente não pretende entrar no debate com Bolsonaro sobre a segurança do processo eleitoral.

Na visão de Lula, esse movimento só interessaria a Bolsonaro, que seguiria atacando o processo eleitoral e teria seu principal adversário defendendo-o, o que só aumentaria a desconfiança de quem vem sendo seduzido pelo discurso do atual presidente.

A defesa da Justiça eleitoral e da segurança das urnas seguirá sendo feita, mas pelos aliados do petista.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna