Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Lucas Marchesini

Livro traz ensaios inéditos sobre a Semana de Arte Moderna de 22

Obra reflete sobre centenário da Semana de Arte Moderna

atualizado 31/12/2021 1:30

Semana de 22Reprodução

Uma coletânea de ensaios inéditos sobre o centenário da Semana de Arte Moderna será lançada em fevereiro. A obra conta com textos de Lilia Schwarcz e José Miguel Wisnik.

Olhando para fevereiros de 1922 e 2022, o livro traz reflexões sobre vícios e virtudes do evento que mudou decisivamente a história das artes brasileiras. O pensamento feminista, a representação do negro nas obras e a apropriação de temas indígenas são alguns debates que “Modernismos 1992-2022” propõe.

Os 29 ensaios são organizados por Gênese Andrade. Sai em 7 de fevereiro pela Companhia das Letras.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna