Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Líderes do MBL fazem coquetéis molotov na guerra da Ucrânia

Pré-candidato ao governo paulista, Artur do Val, e coordenador do MBL, Renan Santos, estão na Ucrânia; país foi invadido pela Rússia

atualizado 03/03/2022 16:41

Arthur do Val, o Mamãe Falei, e Renan Santos, do MBL, fazem coquetéis molotov para ajudar na guerra da Ucrânia - Metrópoles Reprodução

Dois líderes do MBL participaram nesta quinta-feira (3/3) da preparação de coquetéis molotov na Ucrânia. Desde a segunda-feira (28/2), o coordenador do grupo, Renan Santos, e o deputado estadual paulista Arthur do Val, pré-candidato ao governo de São Paulo, estão na região do país invadido pela Rússia.

Renan e Arthur atualmente estão perto de Ujhorod, cidade no oeste da Ucrânia. Dormiram na casa de um padre, passaram por uma praça de coleta de garrafas para os coquetéis molotov e participaram da produção das bombas caseiras.

O MBL diz ter arrecadado R$ 180 mil em uma live na segunda-feira (1/2). O dinheiro será destinado para ajudar voluntários na Ucrânia, segundo o movimento. No sábado (26/2), o governo ucraniano começou a pedir que a população preparasse coquetéis molotov para conter a invasão russa. O Ministério da Defesa também defendeu a produção dos explosivos pelos cidadãos.

As duas lideranças do MBL têm criticado a posição de Jair Bolsonaro sobre o conflito. O Brasil condenou a invasão em manifestações na ONU, mas o presidente evita criticar a Rússia.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
Publicidade do parceiro Metrópoles 6
Publicidade do parceiro Metrópoles 7
Publicidade do parceiro Metrópoles 8
Publicidade do parceiro Metrópoles 9
Publicidade do parceiro Metrópoles 10
Publicidade do parceiro Metrópoles 11
Publicidade do parceiro Metrópoles 12
0

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna