Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Influência de Temer na prefeitura de SP crescerá até o fim do ano

Pessoas de confiança do ex-presidente poderão ser indicadas para funções estratégicas na gestão de Ricardo Nunes

atualizado 22/10/2021 22:36

Igo Estrela/Metrópoles

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, pretende ampliar até o fim do ano a influência de pessoas de confiança do ex-presidente Michel Temer na gestão municipal.

Já é certo que Marcelo Barbieri galgará posições importantes. Ex-secretário de relações institucionais do governo Temer, Barbieri foi nomeado em julho como assessor especial de Nunes e tem usado a posição para conhecer os meandros da prefeitura antes de assumir a Casa Civil ou a Secretaria de Governo.

Não é segredo para ninguém que Nunes não tem intimidade com o secretariado que herdou de Bruno Covas. A ida de Barbieri para a Secretaria de Governo é uma possibilidade porque o relacionamento do prefeito com Rubenz Rizek, o titular da pasta, está longe de ser dos melhores.

Outra figura que tem relação estreita com MDB de São Paulo e que pode ganhar mais espaço na prefeitura é Weber Ciloni. Ele foi nomeado no dia 25 de maio para uma diretoria da SP Regula, autarquia que administra contratos de concessão e privatização.

Ciloni assumiu a função menos de dez dias depois de renunciar à direção da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), cargo para o qual tinha sido nomeado por Temer, em 2018, após indicação de Baleia Rossi.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna