Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Datena desiste, mas Zambelli ainda não bate o martelo sobre Senado

Decisão da deputada bolsonarista depende de “determinação” de Bolsonaro

atualizado 03/07/2022 8:08

Rafaela Felicciano/Metrópoles

A desistência de Datena de disputar o Senado, comunicada nesta quinta-feira (30/6), animou bolsonaristas de olho na vaga. A retirada do nome do apresentador, no entanto, não é garantia de que a deputada federal Carla Zambelli, do PL de Jair Bolsonaro, sairá candidata ao Senado.

A interlocutores, Zambelli diz que só será candidata caso Bolsonaro “determine”. Aliados da parlamentar têm aconselhado que ela só saia candidata ao Senado por SP, que terá apenas uma vaga este ano, caso Bolsonaro se comprometa com sua campanha.

Após a desistência de Datena, a bancada evangélica do Congresso passou a defender o lançamento da candidatura de Marco Feliciano, também do PL, ao Senado.

A eleição ao Senado é estratégica para Bolsonaro, pois cabe à Casa deliberar, entre outros temas, sobre o impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal.

No ano passado, os senadores impuseram desgaste ao Planalto na CPI da Covid. Agora, o Senado pode instalar a CPI do MEC, que mira negociatas do pastor Milton Ribeiro, ex-ministro da Educação que chegou a ser preso pela PF no mês passado.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna