Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Crise na campanha de Bolsonaro faz ideia de vice mulher voltar a ganhar força

O objetivo seria tentar melhorar a aceitação de Bolsonaro entre as mulheres, onde sua rejeição é superior à que existe entre os homens

atualizado 15/06/2022 8:44

O presidente Jair Bolsonaro ajusta a gravata em cerimônia no Palácio do Planalto, com semblante sério e olhando para o lado - MetrópolesIgo Estrela/Metrópoles

O pessimismo que se abateu sobre a campanha de Jair Bolsonaro, diante do risco de derrota já no primeiro turno para Lula, fez com que voltasse a ganhar força a ideia de uma mulher ser candidata à vice-presidência, em vez do general da reserva Walter Braga Netto, hoje o provável escolhido.

O objetivo seria tentar melhorar a aceitação de Bolsonaro entre as mulheres, grupo em que sua rejeição é superior à que existe entre os homens.

Dentre esses nomes, a mais provável seria Tereza Cristina, que não gostaria da missão. Prefere ser candidata ao Senado, eleição que considera bem mais segura.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
0

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna