Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Como será a campanha de Gabriel Monteiro

Réu por importunação e assédio sexual, Gabriel Monteiro não acredita que terá seu mandato cassado e foca em sua campanha a deputado federal

atualizado 14/08/2022 23:40

Conselho da Câmara de Vereadores abre processo de cassação contra Gabriel MonteiroFoto: Aline Massuca/Metrópoles

Sem acreditar que terá seu mandato cassado pela Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro e, com isso, ficar inelegível, Gabriel Monteiro está focado em sua campanha a deputado federal pelo PL de Jair Bolsonaro.

O vereador, que é réu por importunação e assédio sexual, irá focar sua campanha em passar a imagem de que é um atuante fiscalizador do poder público, tema que faz sucesso em seu canal no YouTube.

O parlamentar também usará os processos que enfrenta para se colocar como “vítima de perseguição do sistema”, como ele mesmo já disse no plenário do Palácio Pedro Ernesto.

A candidatura de sua irmã, também pelo PL, para a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, será usada pelo vereador como um respaldo feminino. Monteiro é investigado por filmar uma relação sexual com uma menor de idade.

O Conselho de Ética da Câmara do Rio aprovou, por unanimidade, o relatório que pede a cassação de Monteiro. O pedido será votado em plenário na próxima terça-feira (16/8). O PL e o vereador não acreditam que a cassação será aprovada — o que de fato não deve ocorrer.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna