Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Ciro avalia ir a ato com MBL, Mandetta e João Amoêdo no dia 12

Manifestação reunirá presidenciáveis e líderes partidários

atualizado 08/09/2021 19:11

Sob painel florescente, ao fundo, Ciro Gomes fala no microfone para plateia. Ele usa terno e camisa social - MetrópolesMichael Melo/Metrópoles

Ciro Gomes está avaliando se vai ao ato organizado pelo Movimento Brasil Livre (MBL), com quem vive às turras.

O ato, em São Paulo, reunirá dois presidenciáveis, Luiz Henrique Mandetta e João Amoêdo, além de presidentes de partidos, como Roberto Freire, do Cidadania, e Álvaro Dias, do Podemos. Orlando Silva, do PCdoB, também irá.

Quatro centrais sindicais também irão: Força Sindical, União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) e Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST).

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna