Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Lucas Marchesini

Caciques do DEM disseram a Bruno Araújo que só apoiariam Eduardo Leite

Presidente nacional do PSDB confidenciou que os dirigentes do DEM pediram para nem serem procurados em caso de vitória de Doria nas prévias

atualizado 30/10/2021 21:09

Hugo Barreto/Metrópoles

O presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, confidenciou a tucanos próximos que foi procurado recentemente por caciques do DEM que queriam conversar sobre as prévias tucanas. Os dirigentes disseram que a União Brasil só dará apoio à candidatura presidencial do partido se o vencedor da disputa for Eduardo Leite.

Entre os políticos que participaram da conversa estavam o presidente do DEM, ACM Neto, e o ex-deputado Heráclito Fortes.

Os caciques pediram para que Araújo nem procure a União Brasil para discutir alianças caso o vencedor das prévias seja João Doria.

Caso Leite seja o vitorioso, os dirigentes do DEM disseram que se empenharão para arrastar a União Brasil para a órbita do PSDB e para indicar o vice na chapa presidencial.

A União Brasil surgirá da fusão entre o DEM e o PSL. ACM será o secretário-geral da nova sigla, mas continuará exercendo influência sobre os rumos políticos do partido. O ex-prefeito já deu entrevistas em que disse preferir a candidatura de Leite por considerá-lo mais “agregador” do que Doria.

As prévias do PSDB ocorrem no dia 21 de novembro.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna