Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Bolsonaro atacará Lula na TV com delatores e dinheiro devolvido

Campanha de Bolsonaro pretende levar para a TV os depoimentos de delatores presos na Operação Lava Jato, como Paulo Roberto Costa

atualizado 21/03/2022 19:52

Bolsonaro, presidente do Brasil entre os anos 20018 e 2022. Ele usa terno e gravata e camiseta clara- MetrópolesIgo Estrela/Metrópoles

A campanha de Jair Bolsonaro usará os depoimentos de delatores presos na Operação Lava Jato, como o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e o ex-ministro Antonio Palocci, para desgastar a candidatura de Lula.

Outra estratégia consiste em recordar os delatores que devolveram dinheiro após acordos firmados com a Justiça. A ideia é desconstruir a tese do PT de que o petrolão foi uma invenção da força-tarefa da Lava Jato.

As propagandas terão divulgação maciça na internet, mas serão preparadas para veiculação no rádio e na televisão.

Os aliados de Bolsonaro esperam provocar os primeiros danos significativos à popularidade de Lula quando conseguirem relacioná-lo a escândalos de corrupção.

0

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna