Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Natália Portinari

Amigo de Doria, Rubens Ometto dá R$ 200 mil para eleger Tarcísio em SP

Dono do grupo Cosan, Rubens Ometto tem relação próxima com Doria, mas prefere apostar na eleição de Tarcísio do que no tucano Rodrigo Garcia

atualizado 24/08/2022 10:47

Tarcísio de Freitas SP Fábio Vieira/Metrópoles

O empresário Rubens Ometto, dono do grupo Cosan, doou R$ 200 mil para a campanha do bolsonarista Tarcísio de Freitas ao governo de São Paulo.

Ometto tem relação próxima com o ex-governador João Doria. Foi no governo do tucano que a Comgás renovou a concessão para operar gás canalizado no estado até 2049, embora o contrato com São Paulo vencesse só em 2029.

O PSDB aposta todas as fichas na reeleição de Rodrigo Garcia, que assumiu o governo após a renúncia de Doria. O tucano disputa a vaga no segundo turno diretamente com Tarcísio. Segundo o Datafolha, o governador tem 11% de intenções de voto, contra 16% do ex-ministro da Infraestrutura. Fernando Haddad lidera a disputa, com 38%.

Tarcísio já arrecadou R$ 1,12 milhão com doações para a campanha, sendo que R$ 300 mil vieram do agropecuarista Luciano Maffra de Vasconcellos e outros R$ 200 mil partiram de Abílio Diniz. O advogado Octavio Brilhante Ustra, sobrinho do notório torturador da ditadura, de R$ 20 mil ao bolsonarista.

Rodrigo Garcia recebeu R$ 3,7 milhões do PSDB para disputar a reeleição. Por ora, não foram registradas doações privadas para a campanha do tucano.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
0

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna