Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Vídeo: Ibaneis Rocha prepara decreto para liberar shows em Brasília com público vacinado

Em entrevista ao Metrópoles, o governador do DF afirmou que pretende publicar decreto com todas as regras até o fim da semana

atualizado 21/09/2021 12:51

Governador Ibaneis Rocha visita a redação do MetrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

Em visita à nova redação do Metrópoles, na segunda-feira (20/9), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), afirmou que pretende publicar decreto com as regras para a liberação de shows na capital do país até a próxima sexta-feira (24/9).

As atividades serão retomadas com restrições, que, de acordo com Ibaneis, vão incluir limitação do público em até 50% da lotação, além da apresentação do cartão de vacinação e de teste negativo de detecção da Covid-19.

“Estamos estudando a liberação dos shows, e de alguns eventos, com público limitado, apresentação do cartão de vacinação com a segunda dose e apresentação de exame PCR”, explicou (confira a partir de 4′).

As regras também serão aplicadas para o público de partidas de futebol. “Esperamos que, no mais tardar, sexta-feira a gente assine o decreto liberando essas atividades, para que a gente possa voltar à normalidade”, afirmou.

“Está sendo colocado 50% do público com determinado distanciamento entre as cadeiras e várias outras normas que devem ser seguidas para que a gente possa garantir a segurança da população”, disse.

O governador ponderou que a liberação depende, também, da ampliação de espaços para o tratamento de doentes. “Eu estou aguardando a liberação de alguns leitos que estão sendo contratados pela Secretaria de Saúde. Para que as medidas saiam juntas: liberação de eventos e shows e leitos hospitalares”, explicou.

Ibaneis adiantou que não pretende cobrar comprovante de imunização contra a Covid-19 em estabelecimentos comerciais, como restaurantes e shoppings. “Somente em shows, eventos, jogos de futebol será exigida a apresentação do cartão”, pontuou.

0

Recuperação econômica
Durante a entrevista, Ibaneis disse ou acreditar que a retomada da atividade econômica no DF se dará “de forma mais acelerada” do que nas demais unidades da Federação. “Nós estamos muito voltados ao setor de serviços, que respondeu muito forte à questão da vacinação”, assinalou.

O chefe do Executivo local destacou que apesar dos impactos negativos da pandemia na economia, o governo do Distrito Federal conseguiu manter o equilíbrio das contas públicas. “Mesmo com toda a queda no crescimento que nós tivemos, nós fizemos um esforço muito grande dentro do governo para economizar e conseguimos manter todas as contas em dia”, ressaltou.

“Todos os servidores públicos do DF, assim como os prestadores de serviço, receberão em dia até o último dia do nosso governo”, enfatizou.

Durante a entrevista, Ibaneis Rocha também falou sobre a inauguração de sete Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) até o fim de 2021, contou da liberação de 10 mil horas extras para servidores aumentarem a realização de cirurgias e adiantou a ampliação da vacinação contra a Covid-19 na capital do país.

Segundo o governador, caso o Ministério da Saúde envie mais doses de imunizantes ainda nesta semana, será possível iniciar a vacinação de jovens de 12 anos e expandir a aplicação da dose de reforço.

Nesta terça-feira (21/9), o DF começou a imunizar adolescentes de 13 anos e aplicar a dose de reforço em idosos que vivem em instituições de longa permanência.

Sobre as eleições de 2022, o governador confirmou que concorrerá à reeleição e disse que apoiará o candidato do MDB à Presidência da República. Confira:

Últimas notícias