Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Vacinação de professores no DF só será retomada com a chegada de novas doses

Todas as 5 mil doses para profissionais da área foram aplicadas, segundo o secretário de Saúde do DF. Suspensão ocorreu nesta segunda

atualizado 31/05/2021 17:20

Vacinação da Covid-19 em GoiâniaVinícius Schmidt/Metrópoles

A vacinação contra a Covid-19 para os profissionais da educação das redes pública e privada do DF foi suspensa nesta segunda-feira (31/5). De acordo com o secretário de Saúde Osnei Okumoto, as 5 mil doses destinadas a essa categoria já foram usadas. As novas aplicações só serão feitas com a chegada de nova remessa.

Os professores foram pegos de surpresa na manhã desta segunda com a suspensão das listas de gestores e profissionais de creches. Durante a manhã, de acordo com a Secretaria de Educação, foram vacinadas aproximadamente 600 pessoas. Porém, por um problema de logística, não houve quantidade suficiente de vacinas na parte da tarde na UBS 1 do Guará l.

Para esse turno, estava prevista a imunização de outras 400 pessoas do Plano de Vacinação da Educação. Elas serão remanejadas para outros dias.

Durante coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira, o secretário-chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha, confirmou o posicionamento da pasta da Educação: “A vacinação dos professores foi suspensa por uma questão logística e será retomada ainda nesta semana”, afirmou o secretário-chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha.

O GDF quer vacinar professores, gestores e profissionais da educação com urgência para que as aulas possam ser retomadas até agosto. A rede pública de ensino do DF mantém o estudo remoto devido à pandemia do novo coronavírus desde abril de 2020. A rede privada abriu as portas para o ensino híbrido e também tem seus profissionais vacinados.

Últimas notícias