Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Telma Rufino pede ao TSE anulação de votos obtidos por José Gomes

A ex-distrital quer que seja determinado o recálculo do coeficiente eleitoral para confirmar quem tem direito à vaga

atualizado 23/10/2020 13:39

Telma RufinoIgo Estrela/Metrópoles

A ex-deputada distrital e atual administradora de Arniqueira, Telma Rufino (Pros), pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a anulação dos votos obtidos por José Gomes (PSB), que teve o mandato cassado.

Telma também solicitou que seja determinado ao Tribunal Regional Eleitoral do DF (TRE-DF) a realização do recálculo do coeficiente eleitoral e a redistribuição das vagas.

Segundo o advogado da ex-distrital, Fábio Paganella, a intenção é ter acesso aos dados para confirmar quem tem direito a ficar com a cadeira na Câmara Legislativa do DF (CLDF).

“Não que a ex-deputada esteja fazendo isso porque quer assumir o cargo. Ela quer, simplesmente, ver o resultado”, disse Paganella à coluna Grande Angular.

A primeira suplente de José Gomes, Luzia de Paula (PSB), tomou posse na CLDF em 16 de outubro. De acordo com o TRE-DF, contudo, mesmo desconsiderando os votos do deputado cassado, Luzia de Paula foi eleita por média; por isso, ficou com a vaga.

Nessa quarta-feira (21/10), um despacho determinou a intimação das partes para se manifestarem, no prazo de três dias, sobre os pedidos de Telma.

Confira o despacho do TSE:
Telma Rufino pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anulação de votos de José Gomes
Telma Rufino pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anulação de votos de José Gomes
0

Últimas notícias