Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Privatizada, CEB Distribuição tem novo presidente: Frederico Candian

Executivo assume a presidência da CEB Distribuição, que foi vendida para a Neoenergia. Frederico Candian está na empresa há mais de 20 anos

atualizado 04/03/2021 18:27

Presidente da CEB Distribuição, Frederico CandianMaterial cedido ao Metrópoles

Após a privatização da CEB Distribuição ter sido concluída, o executivo Frederico Jacob Candian assume o cargo de presidente da empresa. Ele tem mais de 20 anos de experiência na Neoenergia, companhia que comprou a ex-estatal por R$ 2,5 bilhões. O contrato de compra e venda foi assinado na última terça-feira (2/3).

Candian inicia o trabalho à frente da CEB Distribuição com o desafio de implantar um novo modelo de gestão e aplicar em investimentos com objetivo de qualificar o fornecimento de energia elétrica para 1,1 milhão de clientes do Distrito Federal.

A Neoenergia pretende modernizar a rede elétrica e melhorar os canais de atendimento e relacionamento com os consumidores. A empresa prevê investimentos, principalmente, em expansão, automação, modernização do sistema elétrico, com foco na qualidade do fornecimento, satisfação dos clientes e segurança da população.

O novo presidente da CEB Distribuição é formado em engenharia elétrica, possui mestrado na área e MBAs em gestão empresarial e business and management for international professionals.

Ele começou a carreira no Grupo Neoenergia como trainee, em 2000, na Elektro, distribuidora que atende parte dos estados de São Paulo e de Mato Grosso do Sul.

Candian atuou como engenheiro e ocupou posições como supervisor e gerente em diversos setores da distribuidora. Ele também foi superintendente de Corporativo de Redes de Distribuição do Grupo Neoenergia.

Antes de se tornar presidente da CEB-D, Candian era diretor de Processos e Tecnologia de Redes da Neoenergia.

“Encaro o momento atual com grande alegria e disposição, convicto de que iremos promover as transformações necessárias na Neoenergia CEB-D, como o foco na modernização do sistema elétrico, implantando inovações tecnológicas e na oferta de canais de atendimento que facilitem o relacionamento e ofereçam conforto aos nossos clientes”, disse o novo presidente da CEB Distribuição.

O CEO da Neoenergia, Mario Ruiz-Tagle, afirmou que a empresa tem “um plano de investimentos robusto para 2021, que prevê o triplo do valor alocado historicamente ao ano”.

“O Distrito Federal é uma região estratégica e institucionalmente importante do país, com alta capacidade de atração de novos investimentos dos segmentos comerciais e industriais. Vamos capacitar a nossa estrutura elétrica para que ela ajude a impulsionar essa capacidade de atração para estimular o desenvolvimento regional. Essa missão será conduzida, sempre da melhor forma, pelo Frederico e todo o time da CEB Neoenergia”, pontuou Ruiz-Tagle.

Empresa

Nova responsável pela energia que chega aos consumidores da capital do país, a Neoenergia é uma companhia de capital aberto com ações negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo. A empresa integra o grupo espanhol Iberdrola e atua no Brasil desde 1997. Atualmente, é uma das líderes do setor elétrico do país, presente em 18 estados e no DF.

A Neoenergia tem negócios nos setores de geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia. As distribuidoras atendem mais de 15 milhões de clientes.

Últimas notícias