Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Mesa Diretora designa Delmasso para representar CLDF no leilão da CEB

Vice-presidente da Câmara Legislativa vai tirar licença para acompanhar evento, previsto para a próxima semana, em São Paulo

atualizado 25/11/2020 7:24

Michael Melo/Metrópoles

O vice-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), deputado distrital Rodrigo Delmasso (Republicanos), foi designado pela Mesa Diretora para representar a Casa no leilão da CEB Distribuição, que vai ocorrer na próxima semana, em São Paulo.

Nesta terça-feira (24/11), foi expedido um ato que dá licença, sem ônus, ao parlamentar, entre 3 e 5 de dezembro, para acompanhar a venda da empresa pública. O governador Ibaneis Rocha (MDB) e o presidente da CEB, Edison Garcia, também devem assistir ao leilão, na Bolsa de Valores de São Paulo.

0

O processo de privatização da CEB Distribuição não é unanimidade na CLDF. Deputados de oposição e de centro são contra o modelo adotado e entraram na Justiça para suspendê-lo. Eles defendem que a alienação das ações da CEB Distribuição deve passar por votação dos distritais.

À coluna Grande Angular, Delmasso disse que o dinheiro da venda da estatal possibilitará ao Governo do Distrito Federal (GDF) a ampliação dos investimentos nas áreas de saúde, educação e infraestrutura.

O preço mínimo da CEB Distribuição é R$ 1,4 bilhão, mas há expectativa do GDF de que o valor chegue a R$ 2,5 bilhões.

Protesto

O Sindicato dos Urbanitários no Distrito Federal (Stiu-DF) marcou, para esta quarta-feira (25/11), um protesto contra a privatização na CLDF e em frente ao Palácio do Buriti, sede do governo local. O ato deve começar às 10h30.

Últimas notícias