Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Kelly Bolsonaro e pastor pedem que presidente reveja chapa sem Damares

A ex-ministra Damares Alves foi excluída da chapa em que era pré-candidata ao Senado, após reunião com o presidente Jair Bolsonaro

atualizado 26/07/2022 18:29

Fotografia colorida de pessoas segurando duas faixas e uma bandeira do Brasil Reprodução

A ex-deputada distrital Kelly Bolsonaro (Republicanos) e o ativista político pastor Marlan fizeram uma manifestação na Praça dos Três Poderes a favor da retomada da pré-candidatura de Damares Alves ao Senado.

No fim da tarde desta terça-feira (26/7), os manifestantes levaram duas faixas em que apelam ao presidente da República com a frase: “Damares Alves é a esperança de Brasília”.

Ex-ministra, Damares Alves havia sido anunciada como a pré-candidata a senadora da chapa encabeçada pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), no Distrito Federal. Porém, ela foi excluída da composição após reunião com o presidente Jair Bolsonaro na qual ficou decidido que Flávia Arruda (PL) ocuparia a posição de postulante ao Senado.

Kelly disse que “vários movimentos conservadores e bolsonaristas de Brasília ficaram insatisfeitos com a aliança feita com Arruda”.

“O ato de hoje serviu para que a gente demonstrasse insatisfação. Gostaríamos que o nosso presidente revesse toda a situação. A gente confia e vamos continuar com ele, mas, hoje, a nossa maior representante no DF é Damares Alves”, afirmou.

Mais lidas
Últimas notícias