Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Ibaneis supera atrito com Caiado, mas diz: “Cada um com seu eleitor”

Governadores do DF e de Goiás têm histórico de desavenças, mas, recentemente, trabalharam juntos para a inauguração do sistema Corumbá IV

atualizado 06/04/2022 16:31

Governadores Ibaneis Rocha e Ronaldo Caiado durante inauguração da Corumbá IV - Metrópoles Rafaela Felicciano/Metrópoles

Os governadores do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), e de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil), inauguraram, juntos, o sistema Corumbá IV, uma obra hídrica do interesse de ambas as unidades da Federação. Os chefes do Executivo do DF e de Goiás tiveram atritos nos últimos anos, mas apareceram em tom harmônico nesta quarta-feira (6/4).

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Em entrevista à imprensa, Ibaneis afirmou que superou as “desavenças” com o governador vizinho, mas descartou aliança com Caiado para as eleições de 2022, quando ambos concorrerão à reeleição. “Temos tratado do Entorno com muito respeito, tanto na saúde, no transporte público e na segurança. Tivemos algumas desavenças pontuais, mas todas foram superadas. Politicamente, cada um segue a sua vida. A gente vai trabalhando cada um com seu eleitor”, afirmou o governador do DF.

Em 2019, os dois chefes do Executivo desentenderam-se por causa do projeto para colocar em operação um veículo sobre trilhos que ligaria o DF às cidades goianas do Entorno. Ronaldo incomodou-se com o fato de Ibaneis ter ido sozinho participar dos testes do transporte, a convite do governo federal. Ibaneis mandou Caiado ir à PQP.

Durante o ápice da pandemia de Covid-19, em 2021, o governador do DF fez um apelo para que Caiado ampliasse o atendimento de saúde à população do Entorno, que saía de Goiás para buscar ajuda nos hospitais do DF. Na ocasião, Ibaneis disse que o governo de Goiás negligenciava os pacientes e que fecharia a divisa entre as UFs.

Mais lidas
Últimas notícias