Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Ibaneis sanciona lei que aumenta salário de conselheiros tutelares

O governador do Distrito Federal sancionou a lei que reajusta o subsídio dos conselheiros tutelares para R$ 6,5 mil

atualizado 22/03/2022 16:45

O governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB) em cerimônia no Buriti para assinatura de proposta de recomposição salarial a forças de segurança. Ele está sentado e sorri - MetrópolesMatheus Veloso/Especial Metrópoles

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), sancionou a lei que dá aumento salarial aos conselheiros tutelares, nesta terça-feira (22/3). Com a nova norma, o subsídio da categoria sai de R$ 4.684,66 para R$ 6.510,00.

O DF tem aproximadamente 200 conselheiros tutelares. A categoria estava sem reajuste no salário desde 2014. Os conselheiros tutelares são eleitos em uma disputa à parte das eleições gerais. A principal atribuição desses servidores é garantir que crianças e adolescentes tenham todos os seus direitos respeitados.

A categoria recebe denúncias de violência que incluem negligência, maus-tratos e exploração sexual.

Durante a cerimônia em que assinou a sanção da lei, Ibaneis disse existir desafios para manter o pagamento dos salários dos servidores em dia. O governador, que é pré-candidato à reeleição, afirmou que pretende corrigir “distorções” entre categorias do funcionalismo.

“Em todas as carreiras existem distorções que, infelizmente, ainda não conseguimos resolver. Mas é projeto nosso diminuir as distorções ao máximo possível, dando uniformidade aos nossos serviços na cidade. Antigamente, aquele que tinha mais força no governo conseguia um reajuste maior “, pontuou.

Mais lidas
Últimas notícias