Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

DF ainda não teve mortes por Covid-19 em 2022, diz governo

Apesar de ainda não ter registrado óbitos em decorrência do novo coronavírus, o aumento da taxa de transmissão reacende alerta na capital

atualizado 07/01/2022 19:09

Testagem para Covid-19 é feita em vários postos móveis no Rio de JaneiroAline Massuca/Metrópoles

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou, nesta sexta-feira (7/1), que, até essa quinta (6), ainda não havia registrado mortes por Covid-19 em 2022. Segundo a pasta, os últimos óbitos computados ocorreram entre outubro e dezembro de 2021.

“Mesmo sem registros, a população deve manter os cuidados, utilizando máscara em ambientes fechados, higienizando as mãos com álcool 70% e procurando os pontos de vacinação para receber a primeira, segunda ou dose de reforço”, destaca a secretaria.

Taxa de transmissão da Covid sobe, mas ocupação de leitos cai no DF

0

Ainda que o número de mortes tenha caído ultimamente, não é hora de baixar a guarda. A taxa de transmissão da Covid-19 tem subido, o que reacende o alerta no Distrito Federal.

Na quinta-feira (6/1), o índice subiu novamente e chegou a 1,45. Quando a taxa chega a 1, significa que, a cada 100 pessoas diagnosticadas, outras 100 são infectadas. Ou seja, se o índice é de 1,45, cada 100 pacientes com a doença contaminam mais 145.

Segundo especialistas, é preciso ficar atento, pois, após o período de aumento das infecções, pode haver maior procura por atendimento hospitalar.

Mais lidas
Últimas notícias