Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

CLDF lançará edital para gestão de plano de saúde de servidores em julho

Com valor previsto de R$ 2.863.864,32, o certame estipula a contratação dos serviços de gestão, incluindo auditoria financeira

atualizado 19/06/2020 22:11

A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) vai lançar, no próximo dia 3 de julho, licitação para contratação de empresa especializada para gerir o Fundo de Saúde dos Deputados Distritais e Servidores (Fascal).

Com valor previsto de R$ 2.863.864,32, o certame estipula a contratação dos serviços de gestão, incluindo auditoria financeira, administrativa e de procedimentos nas áreas médica e odontológica.

“O objetivo da licitação é diminuir o custo operacional da Fascal, que hoje é de R$ 4,5 milhões. Faz parte de um conjunto de ações para sanear as contas”, explicou o deputado distrital Rodrigo Delmasso (Republicanos), vice-presidente da CLDF.

A decisão de terceirizar a administração do benefício foi anunciada pelo comando da Casa após polêmica envolvendo a ampliação da cobertura do plano de saúde para ex-parlamentares, ex-servidores da Casa e dependentes de forma vitalícia.

0

Últimas notícias