Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Câncer no intestino: a maior batalha de Juliano Costa Couto, da OAB-DF

Em meio à crise pelas menções de seu nome na delação da JBS, o presidente da OAB-DF luta contra a doença que lhe impôs tratamento severo

atualizado 08/06/2017 19:14

Daniel Ferreira/Metrópoles

O presidente da OAB-DF, Juliano Costa Couto, vive um momento dramático em sua vida profissional e pessoal. Recentemente, teve o nome mencionado no âmbito das delações da JBS. Ele não é investigado no inquérito, mas tangenciou o escândalo ao ser apontado como a pessoa que indicou o advogado Willer Tomaz para os irmãos Joesley e Wesley Batista. Nos depoimentos de um dos executivos da empresa que se tornou delator, Willer é flagrado negociando a compra de um procurador federal com atuação na força-tarefa da Lava Jato.

O episódio causou um enorme desconforto para Juliano dentro da OAB. A despeito do problema, Juliano tem vivido um momento pessoalmente muito mais delicado. Está em meio a um tratamento de câncer no intestino. Num esforço para reverter o quadro, chegou a ser submetido a uma operação no dia 9 de abril no Sírio Libanês, de São Paulo. A cirurgia lhe tirou 16 centímetros do órgão comprometido. Seu médico é Raul Cutait. E agora passa por sessões de quimioterapia na unidade desse hospital em Brasília, sob os cuidados do oncologista Gustavo Fernandes.

Nesta quinta-feira (8/06), Costa Couto realizou a terceira aplicação de quimio. Ele descobriu o câncer em 9 de março, depois de sentir fortes dores abdominais. No mesmo dia em que realizou os primeiros exames, o diagnóstico fora cravado.

“É mais um luta em minha vida e farei de tudo para vencê-la, mantendo minhas atividades normalmente. O amor pela minha família e pela advocacia vão me fazer superar mais esta”, disse Juliano Costa Couto à coluna Grande Angular.

As perspectivas de cura são boas, mas o presidente da OAB-DF tem sofrido os efeitos colaterais próprios da quimioterapia. Mesmo diante deste momento sensível, Costa Couto tem feito um esforço para cumprir sua agenda. Está disposto a lutar pela vida e por sua carreira.

Mais lidas
Últimas notícias