Tite acha até bom quando não precisa convocar “brasileiros”

A lista para os jogos contra Colômbia e Argentina será anunciada depois de amanhã, somente com atletas "estrangeiros"

atualizado 27/10/2021 12:52

TiteAlexandre Schneider/Getty Images

Para não desfalcar times brasileiros nas rodadas 31, 32 e 33 do Campeonato Brasileiro, o técnico Tite não vai incluir nenhum atleta que atua no país na convocação que será anunciada sexta-feira (29/10), para os jogos das Eliminatórias, contra Colômbia, dia 11 de novembro, na Neo Química Arena; e Argentina, dia 16, em San José.

Pode ser apenas impressão, mas eu penso que Tite acha até bom não convocar os “brasileiros”. Em algumas situações, ele chama mais por pressão da mídia ou de algum cartola da CBF. Recorde-se que, contra o Uruguai, em Manaus, entrou em campo um time totalmente “estrangeiro”: Ederson; Emerson, Lucas Veríssimo, Thiago Silva e Alex Sandro; Fabinho, Fred  e Lucas Paquetá; Raphinha, Neymar e Gabriel Jesus.

E nessa última convocação, quando não houve a proibição de incluir os jogadores que atuam na Champions League, os únicos atletas da casa incluídos foram  Weverton (Palmeiras), Guilherme Arana (Atlético-MG),  Edenílson (Inter), Everton Ribeiro (Flamengo) e Gabigol (Flamengo).

Não podemos dizer que são nomes imprescindíveis para a comissão técnica. Tite, claramente, prefere os “europeus”. Ainda mais agora que teve a felicidade de descobrir Raphinha, uma joia rara que estava escondido lá no Leeds United.

O treinador parece meio decepcionado com algumas figuras, como Vinicius Jr e Everton Ribeiro.  Estes perderam espaço na Seleção para Raphinha e Antony. Outro que ainda não convenceu totalmente foi Gabigol. Nem sei se seria chamado agora, se fosse possível incluir os atletas locais.

Para que a gente tenha uma ideia do que significa a “vitrine” do Brasileirão para o técnico da Seleção, basta dar uma olhada nos melhores jogadores da competição, segundo a Bola de Prata da ESPN.

Após 28 rodadas, de acordo com votação de jornalistas de todo o país, os melhores em cada posição são estes: Daniel (Inter), Aderlan (Bragantino), Junior Alonso (Atlético), Léo Ortiz (Bragantino), Guilherme Arana (Atlético), Willian Arão (Flamengo), Edenílson (Inter), Nacho (Atlético), Gustavo Scarpa (Palmeiras), Artur (Bragantino) e Hulk (Atlético).

Vamos combinar que Tite não morre de amores por nenhum desses aí.

Mais lidas
Últimas notícias