Flamengo demite o roupeiro que queria ser deputado estadual

Clebinho fez um vídeo, chorando ao lado das filhas, pedindo para o presidente Rodolfo Landim reconsiderar a demissão.

atualizado 05/07/2022 17:37

Reprodução Twitter

O Flamengo é um clube curioso. O roupeiro Clebinho, com 20 anos de serviços prestados, foi demitido após anunciar o seu desejo de candidatar-se a deputado estadual no Rio de Janeiro.

O detalhe pra lá de curioso no episódio é que a demissão foi uma decisão do vice-presidente Marcos Braz, que é vereador, e elegeu-se com mais de 50 mil votos de torcedores do Flamengo. O roupeiro era vereador por Bom Jesus de Itabapoana (RJ), a 330 quilômetros do Rio.

Clebinho ganhou notoriedade por dois episódios: em 2021, recebeu um carro zero do volante Gerson. De saída do clube, o jogador surpreendeu o funcionário com o presente. Já em março de 2022, Clebinho participou do mutirão para ajudar as vítimas das chuvas na cidade serrana de Petrópolis. Ele trabalhou como voluntário e também organizou arrecadações.

Nas redes sociais, Clebinho fez um vídeo, chorando ao lado das filhas, pedindo para o presidente Rodolfo Landim reconsiderar a demissão.

 

Para acompanhar as atualizações da coluna, siga o “Futebol Etc” no Twitter; e também no Instagram.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias