Em nome da Libertadores, Corinthians e Boca passam vergonha 

O Fluminense e o Benfield, que nada tem a ver com o suposto desinteresses desses times, ganharam de goleada e fizeram a festa

atualizado 02/07/2022 22:00

O argentino Germán Cano foi a grande estrela da final do Campeonato Carioca, com três gols nos dois jogos da decisão Reprodução/Twitter

O Corinthians, com meio time reserva, levou uma goleada do Fluminense. Poderia ter sido pior, mas 4 x 0 é um placar vergonhoso. É isso que fica para a história, não importa se o técnico utilizou alguns reservas e garotos da base.

Lógico que o Fluminense nada tem a ver com isso. Aliás, o time de Fernando Diniz jogou uma bola redondíssima e poderia ter vencido o Corinthians com todos os titulares. Não tem desculpa.

O mais impressionante foi a despedida de Fred. O cara entrou no final só pra ser ovacionado pelos 40 mil tricolores que foram ao Maracanã. E não é que ele fez o 4º gol!!
Fred, ídolo eterno do Fluzão.

Mas, em se tratando de vergonha, o Boca Juniors, adversário do Corinthians no meio da semana no jogo de volta das oitavas de final da Libertadores, também fez a sua parte na Argentina. Jogando desfalcado, perdeu na Bombonera por 3 x 0 para o Benfield..

Ninguém vai poder falar da vergonha alheia.

Para acompanhar as atualizações da coluna, siga o “Futebol Etc” no Twitter; e também no Instagram.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias