Luan x Pato, qual o pior negócio da história do Corinthians?

A Fiel Torcida não vê a hora de livrar-se de mais essa frustração, que custa R$ 700 mil por mês ao Timão

atualizado 02/07/2022 7:02

Está começando o mês de julho e o Corinthians – como todos os clubes brasileiros – já está cuidando de provisionar a folha de pagamento do mês passado. No meio dessa despesa fixa, que deve ser a maior que o clube enfrenta em sua operação, está o salário do atacante Luan.

Luan chegou ao 19° jogo consecutivo sem sequer ser relacionado para o banco do Corinthians. O atleta recebe um salário altíssimo de R$ 700 mil por mês.

Ele chegou em 2020  e, nos poucos minutos em que esteve em campo, marcou somente 11 gols com a camisa alvinegra. O Timão desembolsou R$ 28,9 milhões na aquisição de 50% dos seus direitos econômicos. O meia ainda tem  contrato até o final de 2023.

Muitos já questionam se esta é a pior contratação da história do clube. Mas logo surge uma comparação com outro jogador importante, que também não deixou saudades: o atacante Alexandre Pato.

Contratado junto ao Milan por R$ 40 milhões logo depois de o Corinthians faturar o Mundial de Clubes de 2012, Pato foi outra decepção para a Fiel Torcida.

Em 2015 ele foi trocado por Jadson, do São Paulo, que acabou transformando-se num dos ídolos do clube.

Difícil mesmo saber qual foi a maior frustração entre esses dois atletas.

Para acompanhar as atualizações da coluna, siga o “Futebol Etc” no Twitter; e também no Instagram.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias