Agora vai! Mudaram o estatuto e ninguém segura o Vascão

O grupo norte-americano 777 Partners têm até o fim de maio para formalizar proposta de compra de 70% dos ativos

atualizado 01/05/2022 7:52

Mais de 4.200 sócios participaram, no sábado (30/4), da votação que mudou o estatuto do Clube de Regatas Vasco da Gama, abrindo caminho para a implementação da Sociedade Anônima de Futebol (SAF). O resultado foi divulgado no fim da noite, com o placar de 3.260 favoráveis e 925 contra a mudança.

“Foi um dia muito tranquilo. Essa é a nova realidade do Vasco e, a partir de agora, deve ser sempre assim. O clube deve se unir para voltarmos ao nosso lugar de direito”, comemorou o presidente Jorge Salgado.

Mudar o estatuto era o obstáculo que impedia o prosseguimento das negociações com o grupo 777 Partners. Agora, com a devida segurança jurídica, o Vasco espera receber a proposta oficial dos norte-americanos pelo controle de 70% dos ativos da sociedade anônima. 

Quando as partes assinarem um acordo, a 777 Partners têm até o fim de maio para fazer sua oferta. A expectativa é de que isso aconteça no decorrer desta semana.

A partir do recebimento da proposta oficial, a diretoria do Vasco deve apresentá-la a conselheiros e sócios para uma nova rodada de votações. Caso os membros do Conselho Deliberativo aprovem a criação e venda de 70% dos ativos da SAF para os investidores, será a vez da Assembleia Geral Extraordinária ratificar a aprovação. Se ela não passar entre os conselheiros, nem vai para a votação entre os sócios.

Mas, a julgar pelo resultado dessa última AGE, com a esmagadora maioria dos sócios aprovando a alteração do estatuto do clube, está mais do que claro que o Vasco da Gama já escolheu o caminho pelo qual pretende seguir.

Para acompanhar as atualizações da coluna, siga o “Futebol Etc” no Twitter; e também no Instagram.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias