A ameaça de Paulo Sousa ao Flamengo: “Tenho muito para falar”

Ex-treinador português, que recebeu uma baita indenização, já deveria fazer parte do passado, mas parece que está a fim de holofotes

atualizado 05/10/2022 15:43

Alexandre Loureiro/Getty Images)

Um assunto que ganhou destaque nas redes sociais na noite desta terça-feira (4/10) foi uma suposta ameaça feita ao Flamengo pelo técnico Paulo Sousa. Durante a transmissão de Inter x Barcelona, no SBT,  o jornalista João Venturi disse – após conversar com o ex-flamenguista – ter ouvido o seguinte:

“Tenho muito para falar, mas ainda não é a hora. O Flamengo está em duas finais e eu preciso respeitar isso”, teria dito Paulo Sousa.

Mas que coisa mais bizarra! Então quer dizer que, o cara que quase destruiu o time do Flamengo, e que recebeu todos os seus direitos trabalhistas ao ser demitido, agora esta ameaçando contar segredinhos?

O que ele escondeu durante esse tempo todo? Segredos de bastidores existem em todos os clubes, em todas as relações. Tite, Felipão, Dunga, Parreira, Zagalllo – só para citar os profissionais que estiveram nas últimas décadas comandando a Seleção Brasileira – também teriam segredos para contar. Coisas que a imprensa nunca imaginou, mas certamente isso não seria ético.

Quando foi demitido pelo Flamengo, exatamente no dia 9 de junho, seis meses antes do fim do seu contrato, o sr Paulo Manoel Carvalho de Sousa recebeu uma indenização de R$ 5.091.000,00, referentes  salários, 13º e férias além dos 21 dias não trabalhados e mais FGTS.

Ele tinha na carteira de trabalho R$ 687.757,24 mensais. O valor cheio, incluído os direitos de imagem, chegava a R$ 1,1 milhão por mês. 

O motivo da sua demissão, como toda a nação Rubro-Negra sabe, foi eminentemente técnico. Alias, o meia Andreas Pereira esses dias deu uma entrevista explicando o que foi que “não encaixou” na relação de Paulo Sousa com o elenco flamenguista:

“O Flamengo ganhando tudo em todos esses anos… Aí, eu vejo o Everton Ribeiro de lateral-esquerdo e penso: ‘aí não’. Aí, eu paro para pensar, todos os jogadores experientes a pensar o que estava acontecendo, vamos tentar. Mas chega uma hora que não dá mais, nós estamos fazendo um monte de esforço, mas dando soco contra a parede”, explicou Andreas.

E isso não é segredo pra ninguém.

Para acompanhar as atualizações da coluna, siga o “Futebol Etc” no Twitter; e também no Instagram.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu celular? Entre no canal do Metrópoles no Telegram e não deixe de nos seguir também no Instagram!

Mais lidas
Últimas notícias